quarta-feira, 13 de março de 2013

A VIDA SEM SUBSTITUTOS SERIA IGUAL?


Não me perguntem quando foi. Ou a minha idade na época. Só consigo me lembrar de que a passagem que ligava a casa dos meus pais à da vizinha não havia sido fechada. Afinal, a casa ao lado era dos meus tios, dois irmãos que moravam juntos – tio João e tia Bia. Meu irmão Daniel e eu estávamos lá todos os dias.

Quando atravessávamos a passagem, o varal de tia Bia ficava à frente, próximo ao outro muro lateral. Na época, não havia o quartinho que tio João construiu depois de alguns anos e que ainda está lá. Mesmo assim, era um espaço estreito para duas crianças brincarem.
Certo dia, corríamos. Meu irmão, quatro anos mais novo, esbarrou no estepe do varal; as roupas que secavam caíram no piso rústico. Dali a alguns minutos, tia Bia apareceu.
Vendo as roupas no chão, ela se ficou furiosa! Como meu irmão estava ali perto, tomou bronca. Mas algo aconteceu, nem sei explicar direito o motivo.
Interrompi Bia. “Fui eu quem derrubei as roupas.” Era mentira. Porém, surtiu efeito. Minha tia automaticamente mudou – sua zanga agora possuía novo alvo. Ela passou a brigar comigo, enquanto se desculpava com meu irmão – “pobrezinho do bichinho”. Senti-me entre injustiçado e satisfeito.
Altruísmo faz a diferença. Claro que em muitas circunstâncias eu deixei de agir em benefício de outrem. E houve casos nos quais eu fui o beneficiado. Agir com altruísmo significa se colocar no lugar do outro. É pensar na pessoa e atender as necessidades dela na frente da sua. Mas existe algo maior no altruísmo.
Ele não se limita à experiência humana, porque o próprio Deus é tanto fonte de altruísmo, como Ele mesmo deu o maior exemplo de altruísmo. Ao morrer em uma cruz, assumindo a culpa da humanidade, Jesus Se fez nosso Substituto. “Para isso vocês foram chamados, pois também Cristo sofreu no lugar de vocês, deixando-lhes exemplo, para que sigam seus passos.” (1 Pe 2:21). Jesus foi nosso substituto. Agora, ele quer que nos tornemos substitutos das outras pessoas, no sentido de ajudá-las em suas lutas. Afinal, o que seria da vida sem substitutos?

36 comentários:

Anônimo disse...

gostei da atitude do irmão,ele mentiu mas salvou o sue próprio irmão, fez bem parecido como jesus fez por nós.

beatriz 8°ano "a"

Anônimo disse...

gostei da atitude do irmão, ele fez bem identico a jesus.


BEATRIZ

Anônimo disse...

esse texto nos deixa uma lição em nossa vida temos que ser substitutivos em alguns casos,porém em alguns casos seremos nos os beneficentes.
sarah!

Anônimo disse...

esse texto nos mostra uma lição, temos que ser substitutivos em alguns casos,porém em alguns casos seremos nos os beneficentes.
sarah!

rubens yamahuti disse...

Muitas vezes nao agimos do jeito certo e somos egoistas mas não lembramos que Deus Morreu na Cruz Para Nos Salvar Ele nao foi egoista temos que seguir o exemplo dele
asss: Rubens

rubens yamahuti disse...

Muitas vezes nao agimos do jeito certo e somos egoistas mas não lembramos que Deus Morreu na Cruz Para Nos Salvar Ele nao foi egoista temos que seguir o exemplo dele
asss: Rubens

Anônimo disse...

agente deveria pensar mais em nossas açoes porque tem quem gente que so se preocupa com si mesmo e essa historia e um bom exemplo disso e nos devemos substitutivos de alguem assim como deus substituio nós.viverson 8a

Anônimo disse...

agente deveria pensar mais em nossas açoes porque tem gente que so se preocupa com si mesmo e essa historia e um bom exemplo disso e nós devemos substitutivos de alguem assim como deus substituio nós.viverson 8a

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

É uma liçao de moral para toda a vida
Eron Lima 8 ano "A"

Anônimo disse...

Muito bom esse texto.. É uma bela lição que devevos aperemder, porque foi assim que Jesus nos salvou (se arriscando para salvar o próximo..
Eron Lima 8 ano "A"

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

O garoto levou a culpa, mas salvou o irmão. Isso foi um gesto muito nobre, como Deus morreu para nos salvar. Deus que as pessoas ajudem o próximo.
Guilherme - 8º Ano - "A"

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Isso mostra que nós não devemos pensar sempre em nós que em primeiro lugar devemos pensar nos outros não ser egoísta,que as vezes pra não ver o outro sofrer temos que tomar o lugar dele para não ver quem agente ama sofrendo...

Ellen 8 ano “A”

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Eu achei lindo este texto porque,nós dá uma lição que nós temos que ajudar os outros mesmo que pra isso nós precisemos mentir,o menino mentiu,mas mesmo assim ele ficou feliz porque estava ajudando o irmão dele.
Mayara 8A

Anônimo disse...

Não pensava desta maneira afinal nunca quis levar a culpa por algo que não fiz, mas depois de ler este texto mudei de idéia pois se Jesus morreu para nos salvar porque não fazer o mesmo.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Rafael Tonietti disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Rafael Tonietti disse...

Achei muito bonito esse texto, pois o noz devemos ajudar tambem as pessoas como esse menino , mesmo ele mentindo foi legal a atitude dele !!!

Rafael

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Gostei muito,o menino ajudou o próximo e isso nos ensina muitas coisas,que nós devemos ajudar as pessoas,principalmente os inimigos:Yohana 8 ano

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Muitas vezes agimos "certo", mas para o nosso próprio bem, e nos esquecemos que nem todas as vezes estamos certos. Como Jesus nos substituto na cruz e foi humilde, se humilhando para morrer em nosso lugar, temos também que seguir o seu exemplo ajudando uns aos outros.
Júlia 8º "a"

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Achei esta atitude muito bacana, devemos sempre nos colocar no lugar do outro, para que quando precisarmos, recebermos uma atitude igual, pois lembre: a pedra que voce joga hoje, voce podera tropessar nela amanha.

Anna Julia 8º A

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Esse texo nos fala que mesmo quando nós fazemos pouca coisa por alguém, estamos fazendo muito para Deus.
Andrieli 8 "a"

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

bom o irmão que era o mias velho livrou irmão mais novo de uma briga que não seria boa para ele então se colocou no lugar dele assim como jesus fez por nos então acho que esse texto fez todos que leu e refleti sobre a atitude do menino
inárah 8º ano "A"