quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

ANTES DO UNIVERSO HAVIA... O UNIVERSO?!


Pior ainda, o enunciado “o universo pôde e quis criar a si mesmo do nada”, é auto-contraditório. Se eu disser “X criou Y”, isto pressupõe a existência de X em primeiro lugar com o propósito de trazer Y à existência. Se eu disser “X criou X”, eu pressuponho a existência de X a fim de causar a existência de X. Pressupor que a existência do universo cause sua existência é logicamente incoerente.

John Lennox, Gunning for God: why the new atheists are missing the target (Oxford, UK: Lion Book, 2011), p. 32.

Um comentário:

Arquivo Adventista disse...

É uma coisa tão difícil de acreditar que do nada surgiu tudo... É muito ilógico. Espanta-me a sagacidade de Satanás em criar argumentos plausíveis (mas não verdadeiros) capazes de convencer seres humanos com mentes brilhantes, confundindo-os com racionalizações e aproveitando-se de sua falta de fé em Deus. Por outro lado, que defesa teríamos sem Deus, diante de uma mente capaz de convencer anjos a acreditarem que a imperfeição é melhor que a perfeição? Se, quando olhamos para esse maravilhoso céu, sua grandiosidade e organização e chegamos a conclusão de que não há um Cridor, há o quê então??? Pfttt... Preferem acreditar no NADA do que acreditar em Deus. E isso é realmente muito ilógico.