quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

RESCISÃO DE CONTRATO: O DRAMA DE UM PROFETA MESQUINHO - parte 1




Em 2005, provavelmente nenhuma outra polêmica esportiva tenha sido tão tumultuada no Brasil quanto a que envolveu o atacante Robinho e o seu antigo clube, o Santos Futebol Clube. A imprensa esportiva chegou a especular que, uma vez enturmado com os demais atletas da Seleção Brasileira de Futebol, o jogador teria decidido-se por jogar na Europa. Para tanto, Robinho se veria obrigado a rescindir o contrato com o clube paulista, com qual se comprometera até 2007.

A multa prevista para a rescisão – de 50 milhões de dólares – não impediu que o craque, o Santos e o clube espanhol Real Madri chegassem a um acordo: o Real depositou 60% deste valor para o Santos; segundo o empresário de Robinho, o jogador, que teria direito aos outros 40%, abriu mão de sua parte, objetivando acelerar a contratação; finalmente, o atacante voltou a treinar no Santos (após uma ausência lamentada pela torcida e comemorada pelos rivais!).

Certo. Este tipo de polêmica já não recende a novidade, quer no mundo esportivo, ou nos negócios em geral. Contratos são feitos e rompidos a cada alarme do despertador. Inadimplência deixou de ser um termo obtuso, para cair na boca (e nas graças) do povo. Ter um nome escrito sobre a linha pontilhada tem progressivamente significado menos.

Balaão que o diga! Apesar de ter sido contratado para amaldiçoar Israel (Números 22:4-6), podemos encontrá-lo fazendo justamente o contrário – abençoando! Profeticamente, ele declara que não poderia “amaldiçoar a quem Deus não amaldiçoou” (Números 23:8 pp). Em seu íntimo, Balaão queria amaldiçoar o povo de Deus; ele estava mais ansioso para isso do que uma criança diante de um pote de sorvetes. Ainda mais, porque de cumprir com o contrato dependia o pagamento de Balaão. No entanto, se é correto dizê-lo dessa forma, Deus “constrangeu” o profeta tinhoso. Em Sua soberania, o Senhor censurou Balaão, fazendo-o pensar duas vezes antes de acrescentar uma vírgula à mensagem do Céu.

E o que você tem que ver com isso? Sugiro que uma grande lição deva ser extraída deste relato: Deus cumpre Sua vontade em cada um de seus filhos. De acordo com o livro de Números, Deus faz isso pelo menos de duas maneiras.

Em primeiro lugar, Deus contraria nossas intenções originais. O vidente Balaão foi convocado para maldizer, queria amaldiçoar, planejou-se para as piores maldições, repassou os encantamentos aprendidos na faculdade, levou um Kit completo de maldições, e…acabou abençoando o povo de Deus (Números 23:7-10). Deus o contrariou totalmente.

Muitas de nossas orações e desejos “inofensivos” serão atirados à lama, e nem saberemos o porquê. Para alcançar propósitos sublimes, Deus não nos pergunta qual seria o assento mais confortável ou o caminho com menos curvas. Ele estende Sua mão numa fúria aparentemente incabível. Sem sabermos, Ele apenas está cumprindo Sua parte no contrato.

Fala-se muito em “alcançar os sonhos”, “dar o seu melhor”, “acreditar em si mesmo”. Todo esse desfile de chavões surgido de palestras de auto-ajuda e de filmes de Hollywood parece convincente. Mais até: são mensagens suculentas! Quando, porém, voamos nas nuvens, não demora muito até nos esborracharmos numa parede sólida chamada “realidade”. Nem um quinto de nossos sonhos serão alcançados.

Se sentimos necessidade de lutar por algo, confirmando assim que o sangue em nossas veias não se tornou carvão, compensaria lutar por um objetivo sem ter certeza de que aquilo será o melhor para nós? Até que ponto realizar um sonho é bom, se, por causa dele, frustramos, de forma consciente ou inconsciente, o plano que Deus nos reservara?

Talvez você não seja capaz de colocar em um mapa o caminho pelo qual Jesus lhe conduziu. Não existem organogramas exatos para a trajetória espiritual; o Espírito de Deus nos faz atravessar rotas surpreendentes (João 3:8). Basta confiarmos na familiaridade de nosso Guia com o trajeto.

Ou seja: não, Deus não achou “coisa mais interessante” para ocupar Seu fim de semana! Se Ele permite tragédias e desapontamentos, nem por isso Seu divino coração fechou as portas para as suas súplicas. Aprenda a se disciplinar para ouvir a voz de Deus sussurrando por entre os gritos de tempestades.

Lembro-me de que meu pai saía de manhã comigo e meu irmão. Pegávamos o mesmo ônibus, sendo que nós dois descíamos no mesmo ponto, já próxima à escola. Meu pai seguia até o trabalho. Isto até voltarmos a ter um carro próprio. Apesar da estatura de meu irmão, ele já tinha idade para pagar a passagem, coisa que meu pai fazia questão que acontecesse, e não acho que meu irmão considerasse algo ruim passar “por cima” da catraca.

Numa dessas manhãs rotineiras, meu pai já havia passado para a parte da frente do transporte coletivo. Seus filhos se preparavam para fazer o mesmo. Um senhor no fundo do ônibus, motivado sabe-se-lá-pelo-quê, percebeu que meu irmão pagaria a passagem. Imediatamente, o estranhou começou a gritar: “passe por baixo, e economizem o dinheiro!”

Imagino que espécie de indignação surpresa não passou pela cabeça de meu pai… Ele simplesmente ordenou ao meu irmão: “Daniel, passe por cima mesmo!”

A quem você acha que meu irmão obedeceu – a um estranho, ou ao seu pai? Obediência é uma questão de confiança. Se confiarmos em Deus, teremos o anseio supremo de obedecê-Lo em quaisquer circunstâncias. Não importa se a vida nos desvendar paisagens áridas ou penhascos escarpados; ao confiarmos em Deus, teremos a convicção de que, independente do que se passa ao redor, ou mesmo internamente, em nosso coração espevitado, a mão do Redentor estará nos apoiando, em direção ao que Ele sabe ser o melhor. Isto faz parte do contrato que assinamos com Deus.

17 comentários:

Brayan disse...

aluno:Brayan

Não entendi muito bem,mas eu entendi o final!

Achei muito interessante,pois além de ter informaçoes que eu não sabia,nós tiramos uma lição disso tudo!

brayan.sw@hotmail.com

Maria Victoria disse...

Maria Victória
Bem, as vezes queremos algo que nao é o que Deus tem para nos mais não estendemos, sendo que ele sabe o melhor para cada um.
Devemos saber entender e obedecer pois Deus sabe fazer acontecer um sonho na hora certa.

Anônimo disse...

Lucas Fontoura Mendes

As vezes voce pede conselhor para a pessoa de maior confiança sua, mais sempre lembre Deud é o seu melhor amigo e melhor conselheiro.
Sempre peça conselho Deus pois ele lhe dara opções, as vezes voce tera que desistir de um sonho pois Deus lhe deseja uma coisa muito melhor.
mais nunca fique despontado pois ele só quér o seu bem.

leozinho disse...

eu entendi que as vezes as pessoas brigam se agridem por coisas que tem concerto com soluções que podem ser resolvidas com acodo e paz. As vezes nós queremos algo quem deus não tem para nos dar mais com paciencia e esperando um dia Deus atende os nosso pedido no momento que for para ele atender.

Anônimo disse...

O texto se refere as mudanças que ocorrem na nossa vida.As vezes fazemos planos ou projetos mas nem sempre se concretizem de forma perfeita,geralmente ocorre mudanças augumas ate,que fazem nossa vida se transforma. Seguir outra direçao.Um exemplo que foi citado no texto é o do atacante Robinho que tinha seu contrato com o Santos futbol clube até 2007,mas devido a outras propostas seus planos foram mudados.O exemplo de Balaao que foi contratado para amaldiçoar Israel,podemos encontralo fazendo justamente o contrario.Assim persebese que mudanças de planos ocorrem sempre,mas devemos estar atentos a voz de Deus e souber quais são os planos dele para nossa vida,pois so osm planos do Senhor nao podem ser mudados. Caroline Perciavalle

Anônimo disse...

Morgane Bittencourt
Bem, eu entendi que devemos obedecer a Deus,Ele sabe como é o nosso coração e sabe se é bom para nós ou não.
Mesmo não entendendo,os sonhos de Deus é maior que os nossos.
Deus sabe o que faz ele tem o melhor para nós.

Anônimo disse...

ta, tipo eu li e tentei entender, dai o q eu posso tirar de lição é q deus tem sempre um polano especial pra nos, ele escreve reto em linhas tortas, e as vezes pedimos ajuda a Ele so q n recebemos a resposta q queremos, mais é pq Deus tem um plano maisr para vc...
n sei se era isso q era para dizer, so q tambem a ganancia e a curiosidade n levam a nada...
e pa axo q foi isso, bj sor
by: Maria Carolina

Anônimo disse...

Vitor 9 ano

Professor comcondo no que vc escrevel, pois se confiarmos em Deus mesmo que passemos pro dificuldades sabemos que o melhor de DEus vira, e que temos que fazer nossa parte para que isso aconteça teremos que fazer nossa parte.

carol disse...

Carolina Thomé

As vezes não entendemos porque Deus não fez aquilo que Lhe pedimos,mas esse texto nos faz pensar q as coisas não são sempre do nosso jeito,tudo tem o seu tempo certo.
E mais q ninguém,Deus sabe o que melhor para nós!

Anônimo disse...

As vesses agente sonha uma coisa, e pede para Deus,só que nem sempre é o melhor para gente e Deus sabe e ele não realiza, e a gente fica chateado, mas é pro nosso bem.

Anônimo disse...

eu entendi que as vezes as pessoas brigam se agridem por coisas que tem concerto com soluções que podem ser resolvidas com acodo e paz. muitas veses nós queremos algo e pedimos pra Deus mas ele ñ dá porque aquilo pode trser mas consequencias.

daniel fantão
9º ano A

Anônimo disse...

Paula Pacheco
Devemos obedecer a Deus, confiar nEle e estar sempre atentos a Sua voz! Só Ele sabe o que é melhor para nós! O exemplo de Balaão, que foi convocado para amaldiçoar o povo de Israel e fez justamente o contrário. Mudanças de planos existem, por isso devemos entender o planos de Deus para nossa vida, pois os planos dEle não podem ser mudados! Temos que sonhar os sonhos de Deus!

Gabriela R. disse...

São situações diferentes. O jogador Robinho cancela um contrato de trabalho, o que lhe é um direito, e cumpre os suas penalidades por isso, que são as multas contratuais. Cada pessoa tem o direito de buscar crescer em sua profissão, da mesma forma que o clube não o pouparia se ele não estivesse jogando bem.
Quanto ao profeta Balaão , quis usar de um dom divino, sobrenatural, para ter benefícios próprios, e como a Bíblia mesma diz:"Deus não se deixa escarnecer", sendo assim, não teve sucesso, pois não se pode manipular a Deus.

Anônimo disse...

Não entendi muito bem o texto! bom, entendi q Deus nod dá o livre e arbitrio... e já na lei dos homens não! pois podemos tomar o caminho errado que Deus nos deixará seguir oq decidimos... mas quando nos arrependemos Deus nos perdoa...


vanessa machado

Anônimo disse...

Amanda ellen
nem sempre o que queremos é o certo e Deus nos ajuda a ir sempre para o caminho certo,basta acreditar,ter fé, Nele que Ele sempre nos ajudara, podemos passar por dificuldades ou perdas,mas não devemos deichar de acredtar em Deus, pois ele é nosso melhor amogo o unico que podemos confiar acima de tudo e de todos.E sempre nos levará para o que é certo justo e melhor.Nunca devemos deixar de acreditar em Deus.

Anônimo disse...

Amanda ellen
nem sempre o que queremos é o certo e Deus nos ajuda a ir sempre para o caminho certo,basta acreditar,ter fé, Nele que Ele sempre nos ajudara, podemos passar por dificuldades ou perdas,mas não devemos deichar de acredtar em Deus, pois ele é nosso melhor amogo o unico que podemos confiar acima de tudo e de todos.E sempre nos levará para o que é certo justo e melhor.Nunca devemos deixar de acreditar em Deus.

raniery disse...

Bom as veses nos nos precipitamos querendo tudo de Deus mas não é bem assim,ele sabe quando deve realisar as coisas as veses tem muita coisas que nos pedimos que Ele n atendi mas Ele sabe de tudo, então não fiquem triste.