sexta-feira, 9 de abril de 2010

ARQUEÓLOGO ADVENTISTA PARTICIPA DE REPORTAGEM SOBRE A MORTE DE JESUS

A revista Isto É publicou interessante matéria analisando a forma como Jesus fora crucificado. A reportagem, assinada por Rodrigo Cardoso, mantém neutralidade jornalística, além de consultar especialistas em estudos do Novo Testamento. Um dos estudiosos citados é o Dr. Rodrigo Silva, professor do UNASP- campus 2, reconhecida autoridade na área de Arqueologia bíblica e já mencionado em reportagens anteriores da revista.

Segundo muitos estudiosos, Jesus teria permanecido sentado no momento da crucifixão. Abaixo, um gráfico publicado pela revista, que representa o que os estudos mais recentes propõem sobre a forma como Jesus morreu.


2 comentários:

Gerson disse...

Gostei da matéria porque deu a chance de ser expressadas as opiniões a respeito de como foi a morte de Cristo. Acredito na descrição da matéria até porque, o condenado agonizava por horas e há relatos de que ficavam até dias ainda vivos, o que tornava ainda mais dolorosa a agonia por ocasião da morte. O condenado precisava se apoiar para poder respirar e o fato de estar assentado possibilitava o condenado a buscar essa alternativa para poder de alguma forma ainda respirar. Parabenizo a transparência dada a matéria e também pela divulgação através do blog do Pr. Douglas Reis.

Gerson

armaduraadventista disse...

Essa matéria vem em hora ideal.
Alguns aspones tem criticado severamente o pr. Rodrigo no Orkut devido a uma citação descontextualizada, pinçada irresponsávelmente, que ele teria dito. Quando afirmei a competência profissional e catedrática do pr. Rodrigo SIlva, houve uma reação apaixonadamente contrária.
Aí está, aspone, a resposta!
Parabéns pr. Douglas Reis. Por favor nos avise quando do lançamento do seu livro.

Evanildo F. Carvalho