sexta-feira, 30 de abril de 2010

PARA QUEM AINDA NÃO SABIA: O SEGREDO DO SUCESSO DA COCA-COLA

Na última edição da revista Galileu (Maio 2010, no 226, p. 24), uma pergunta intrigante aparece: “Por que gostamos tanto de Coca-Cola?” Além do fatores marketing e sabor (esse, discutível) serem mencionados, outro aspecto importante é mencionado.

Para os professores de Química André Silva Pimentel (PUC – Rio) e Flávio Matsumoto (UFPR), a cafeína é o maior segredo da Coca-Cola: isso porque a cada 200 ml do refrigerante, encontramos 14 mg do estimulante, que causa dependência.

Com todos os malefícios advindos da cafeína, há, portanto, boas razões para abandonarmos o consumo da Coca-Cola.

5 comentários:

neni disse...

nada como ver jogo do corinthians, comer uma pizza e tomar uma coquinha bem gelada! :D

Anônimo disse...

Um dia desses resolvi diminuir o meu consumo de coca-cola. Percebi que senti falta e tive que me manter firme para nao voltar a consumir a mesma quantidade.
Concordo plenamente quando você diz: "Com todos os malefícios advindos da cafeína, há, portanto, boas razões para abandonarmos o consumo da Coca-Cola".

Dieimes Leandro
http://pacabadevez.blogspot.com/

Ton disse...

E quanto ao uso dos demais refrigerantes e do chocolate, que poucos abandonam? Tens alguma explicação semelhante, irmão Douglas?

neni disse...

Pois é, os demais refrigerantes são igualmente ruins, e alguns até piores!
O problema da coca é que ela tem toda aquela história, aquele marketing.. talvez por ser preta também (vai saber :D) além do que é o refrigerante mais famoso do mundo.
Concordo com o artigo, porque explicou brevemente o porque do sucesso do desta bebida, diferente de outros que só pregam que devemos parar de tomar a coca cola para sermos isso ou aquilo. Isso me dói os ouvidos!
Tomo refrigerante e penso que deve haver algumas mudanças em nossa alimentação (gradativas).

Noemi disse...

É muito fácil questionar ou justificar algo quando queremos permanecer naquilo que nos traz prazer sem ao menos nos esforçarmos para mudar mesmo sabendo que este nosso prazer é danoso a nossa saúde. Por isso é mais simples comparar "ahhh a coca-cola faz tão mal quanto o chocolate e o açúcar, então pq condenam a coca e o demais não?". Não seria mais coerente dizer "tomo pq gosto pronto e acabou" a tentar justificar? Infelizmente o homem se condena pela sua própria alimentação e escolhas que faz pra si.